Repetidora Terra da Uva - Ao Vivo
Plugin necessário para ouvir no FireFox. Download
Problemas para ouvir a repetidora com o FireFox? Clique aqui

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

 






Já estamos cadastrando comerciantes interessados em adquirir mesas para a Convenção, são apenas 50 mesas a um custo de R$ 200,00 para os dias de eventos. São esperados mais de 500 pessoas em cada dia do evento FENARADIO, visitem o site e baixem o Guia de Informações do evento - Os visitantes da Feira poderão inclusive levar seus equipamentos para negociarem com os expositores nos dois dias do evento.
maiores informações: 
http://cnr.labre-sp.org.br


Exames realizados pela ANATEL na convenção dia 18/10

A aplicação de exames de ingresso e promoção de classes realizados pela ANATEL ocorrerá no dia 18/10/2014 
 Inscrições poderão ser efetuadas exclusivamente no endereço
 https://sistemas.anatel.gov.br/sec/

________VAGAS LIMITADAS ________

Convenção Nacional de Radioamadores da LABRE


Guararema Park Hotel


A LABRE FEDERAL, através da LABRE-SP estará realizando na Cidade de Guararema – SP, de 16 à 19 de outubro de 2014, a 1ª. Convenção Nacional de Radioamadorismo, simultaneamente com a Reunião do Conselho Diretor da LABRE. Pela primeira vez, além das atividades Radioamadorísticas que incluirão Palestras, Workshops, Exposições de Cartões QSLs e Diplomas ativação de Estação Oficial – ZV14LABRE e da Estação Oficial ZV14JOTA durante o Jamboree, Feira de Comerciantes e Free Market, onde todos os visitantes poderão comprar, trocar e vender equipamentos aos expositores, convenção do GDE e da coordenação da RENER-SP, teremos atividades sociais para a família dos Radioamadores. A LABRE-SP estará coordenando a 1ª. Audiência Pública em prol do Radioamadorismo, onde buscaremos ouvir a comunidade e unir a todos em prol de encontramos soluções para tirar nosso Hobby do desconhecimento geral que atualmente nos assola. Será a primeira e certamente quem participar ficará marcado positivamente para sempre. As vagas para a convenção serão limitadas, mas participação no evento será franqueada ao público em geral mediante a aquisição de convites que também serão limitados.
Esperamos encontra-lo por lá.

Marcelo Motoyama – PY2FN
Coordenador Geral
Presidente da LABRE-SP

ABNT E INMETRO APROVAM NORMAS DE CONTENÇÃO DAS RÁDIO INTERFERÊNCIAS VINDAS DOS SISTEMAS DE ILUMINAÇÃO








A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) publicou no dia 21 de agosto de 2014 a norma ABNT NBR IEC/CISPR 15, sobre "Limites e métodos de medição das radioperturbações características dos equipamentos elétricos de iluminação e similares". Trata-se do reconhecimento e

No mesmo mês o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) publicou no Diário Oficial da União a Portaria do MDIC/Inmetro número 389 de 25/08/2014 sobre "Requisito Técnico de Qualidade das Lâmpadas de LED com Dispositivos de Controle Integrados à Base", com exigências sobre segurança, eficiência energética e compatibilidade eletromagnética (EMC) baseando-se na CISPR-15. A produção e comercialização destes produtos no Brasil deverão seguir obrigatoriamente os critérios técnicos de EMC. Os prazos e métodos de avaliação serão organizados por meio de um RAC, o Regulamento de
Avaliação e Certificação.

Ambos resultados tiveram direta intervenção da LABRE através do GDE, grupo de Gestão e Defesa Espectral, demandando participação em várias reuniões das comissões de estudos no Comitê Brasileiro de Eletricidade (CB-03) do Comitê Brasileiro de Eletricidade, Eletrônica, Iluminação e Telecomunicações (COBEI) na cidade de São Paulo, bem como debates e consultas públicas realizadas pelo Inmetro na cidade do Rio de Janeiro.

Todo trabalho foi apoiado pela LABRE São Paulo, além de colaboradores que auxiliam regularmente o GDE para manter atividades institucionais com intuito de reduzir as interferências no espectro eletromagnético.
Conheça e apoie o GDE e a LABRE. Maiores informações em: http://www.radioamadores.org/
nacionalização da consagrada norma internacional CISPR 15, redigida com o intuito de determinar limites de emissividade de lâmpadas, inclusive com a tecnologia LED.

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

NOTA DE FALECIMENTO

VALADÃO PY2TVM

É com imenso pesar que venho comunicar na data de hoje  10/09/2014 o falecimento do nosso grande amigo, frequentador da Repetidora Terra da Uva Jundiaí

Com os sentimentos de solidariedade e pêsames  à toda a família do nosso amigo.

Ele se foi, mas deixou a sua história, seu legado como radioamador e amigo será sempre lembrado por todos nós.

DEUS O RECEBA COM UMA GRANDE FESTA NO CÉU.

domingo, 7 de setembro de 2014

NOVO PERÍODO PARA ENVIO DE INFORMAÇÕES SOBRE INTRUSOS DAS FAIXAS DOS RADIOAMADORES



O grupo de Gestão e Defesa Espectral da LABRE, em associação ao IARU Monitoring System, abriu nova temporada para recebimento de informações sobre atividades ilegais de estações piratas invasoras das faixas do Serviço de Radioamador. Os logs poderão ser enviados até o dia 30 de setembro de 2014.

Acessem o link abaixo e compartilhem as informações.

As bem fundamentadas se transformarão em denúncias institucionais da LABRE para a Anatel em Brasília.

http://www.radioamadores.org/interativo/interativo.htm

Importante: Este serviço apenas atende a informações sobre atividades invasoras que ocorrerem ou se manifestarem dentro das faixas autorizadas para o Serviço de Radioamador. Nos demais casos o radioamador poderá contatar diretamente a LABRE ou a Anatel do seu Estado.

GDE/LABRE, 06 de setembro de 2014
http://www.radioamadores.org/news/news-2014/news-2014-22.htm

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Exames radioamador Anatel

Abertas as inscrições de ingresso e promoção de classe ao radioamadorismo feito pela Anatel

Dia 23/09 - às 09:00 hrs - para classe B
Dia 24/09 - às 09:00 hrs - para classe A e C

Local : Anatel
 Rua Vergueiro, 3073 - Vila Mariana - São Paulo - SP

Faça já a sua inscrição poucas vagas
Acesse www.anatel.gov.br -

Dica para quem quer fazer a inscrição com esse pequeno tutorial do colega Rodrigo - PU5UAI

https://www.youtube.com/watch?v=IeYLPNFIMkM -
LINK DIRETO - http://sistemas.anatel.gov.br/SEC

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

D-STAR 438.500 Mhz NO AR

Após alguns meses fora do ar, por problemas técnicos, retornamos  em pleno funcionamento a repetidora Py2KET -D-star - Labre s/p -Jundiaí.



Agradecemos ao radioamador Py2PE Junior, pela dedicação e empenho em manter esta repetidora no ar.

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Prefeitura não pode considerar instalação de antena de celular crime ambiental

18 de agosto de 2014,
Por Leonardo Léllis Lei municipal não pode criar punição criminal em matéria ambiental. Por essa razão, a Turma Recursal Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul concedeu Habeas Corpus a um funcionário da Brasil Telecom para trancar Ação Penal a que ele respondia. Ele e outros três colegas da empresa respondiam por crime ambiental por causa da instalação de uma antena de telefonia em Porto Alegre sem autorização do órgão ambiental municipal. De acordo com o processo, a instalação da antena foi considerada potencialmente poluidora, conforme a Resolução 237/1997 do Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente), que lista as atividades sujeitas ao licenciamento ambiental por conta do risco que representam. Acontece que a instalação de antenas de telecomunicações não está prevista na norma do Conama, segundo a defesa do funcionário, representado pelo advogado Rodrigo Mudrovitsch, do escritório Mudrovitsch Advogados. O advogado argumentou que a norma não pode ser ampliada para efeitos penais por legislação estadual ou municipal — o que cabe apenas à União. Por isso, a instalação deve ser considerada conduta atípica. O argumento foi aceito pelo colegiado. Relatora do processo, a desembargadora Gisele Anne Vieira de Azambuja também considerou que a atividade não está condicionada às regras do Conama, mas da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), órgão competente em matéria de telecomunicações. A magistrada citou que a Lei 8.896/2002, de Porto Alegre, regula o licenciamento das antenas no âmbito municipal, de acordo com as normas da Anatel, e estabelece normas urbanísticas. O artigo 12 da mesma lei estabelece que a desobediência acarretará punições previstas na legislação municipal, sem prejuízo das leis relativas aos crimes ambientais. Para a desembargadora, isso não autoriza a interpretação de que a lei local esteja inovando em matéria penal ou ampliando a lista de atividades potencialmente poluidoras elencadas pela resolução do Conama. Além disso, ela afirmou que o funcionário não teve qualquer responsabilidade na instalação da antena, porque exercia a função de “gestão imobiliária” na empresa, sem qualquer vínculo com a área técnica responsável. “Torna-se evidente a falta de justa causa para a instauração da Ação Penal. O fato é atípico. A empresa estava regularmente licenciada pela Anatel e possuía a licença para funcionamento da estação.” Ela ressaltou, entretanto, que a licença ambiental municipal é necessária e que a Secretaria do Meio Ambiente pode condicionar a instalação da antena ao cumprimento das exigências da lei local. “O que não se admite, porém, é a pretensão do órgão acusador de que o descumprimento de tal exigência extrapole a esfera administrativa para alcançar indevidamente a reprimenda criminal”.

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

NOTA DE FALECIMENTO



É com imenso pesar que venho comunicar o falecimento do nosso grande amigo, colaborador da Repetidora Terra da Uva Jundiaí.
  
        Radioamador 
José Antonio P. Miranda

       Conhecido  como 
" Miranda  PU2PKV "

Miranda vitima de acidente automobilístico, nesta Sexta-feira na cidade de Jarinu  s/p.



Com os sentimentos de solidariedade e pêsames  à toda a família do nosso amigo.

Ele se foi, mas deixou a sua história, seu legado como radioamador e amigo será sempre lembrado por todos nós.

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

LABRE PARTICIPA DE CONSULTA PÚBLICA SOBRE USO DE RADIOFREQUÊNCIA










A Anatel disponibilizou para consulta pública até julho de 2014 a "Proposta de Regulamento de Uso do Espectro de Radiofrequências e de alteração do Regulamento de Cobrança de Preço Público pelo Direito de Uso de Radiofreqüências". Trata-se de um regulamento muito importante onde são estabelecidos os métodos de solução de conflitos quando ocorrem interferências eletromagnéticas.

A LABRE participou da consulta pública através do grupo ad-hoc de Gestão e Defesa Espectral (GDE). Foram propostas 12 alterações que basicamente objetivam maior reconhecimento e alinhamento do Brasil com os métodos já previstos nos Regulamentos de Rádio (RR) da UIT, inserindo no contexto da resolução de conflitos aqueles derivados de interferências provindas de equipamentos não dedicados às telecomunicações.

Algumas das modificações propostas:

- Inclusão do "desenvolvimento do ensino", "treinamento tecnológico e operacional", bem como a "viabilização das comunicações emergenciais" entre os objetivos principais do uso de rádio freqüências, todos relacionados com o radioamadorismo;

- Especificação que a Anatel ao "atribuir, destinar ou distribuir faixas de radiofreqüências" deve também observar os "Regulamentos de Rádio da UIT", documento indispensável para gestão espectral, atualizado
internacionalmente a cada Conferência Mundial de Rádio;

- Quando da "elaboração e atualização do Plano de Atribuição, Destinação e Distribuição de Faixas de Freqüências", a Anatel deve também "viabilizar o desenvolvimento e atualização dos serviços existentes e
suas aplicações", e não tão somente "viabilizar o surgimento de novos serviços e aplicações" tal como exposto originalmente, aumentando a isonomia nas atualizações técnico-jurídicas entre diferentes serviços
(novos e existentes);

- Ao especificar o "direito de uso de radiofrequências, faixa ou canal de radiofrequências associada ao direito de exploração de satélite", contextualizar que quando "associadas a satélites do Serviço de Radioamador está condicionada à prévia coordenação e disciplinada nos termos da regulamentação específica do serviço";

- Inclusão de item ao qual, "se a origem da interferência prejudicial for derivada dos demais equipamentos elétricos e eletrônicos, conectados ou não a redes de comunicação, o responsável pela fonte interferente
deve imediatamente cessar a sua operação e proceder aos ajustes necessários para eliminar a interferência prejudicial", tendo como base "estudos e contenção das interferências as recomendações dos organismos
nacionais e internacionais reconhecidos", sujeitando os infratores às sanções conforme modificações propostas nos artigos correlatos. Tal entendimento é previsto pelo RR de forma que os serviços licenciados de rádio sejam protegidos de fontes interferentes, que podem ser tão ou mais prejudiciais quanto os demais serviços em conflito espectral.

Além da LABRE participaram da consulta a Embratel, Tim, Claro, Vivo, Abert, Globo, Echostar, Sky, Abrasat, TelComp, CTBC, entre outros.

Para maiores detalhes sobre estas e outras propostas, visite o site da
Anatel dedicado às consulta públicas em: http://sistemas.anatel.gov.br/sacp/

Apoie o GDE/LABRE na defesa do espectro de radioamador. Informações em:
http://www.radioamadores.org

GDE/LABRE, 06 de agosto de 2014
http://www.radioamadores.org/news/news-2014/news-2014-21.htm

quarta-feira, 16 de julho de 2014

ATUALIZAÇÕES NA BIBLIOTECA DO GDE



A biblioteca do GDE, grupo ad-hoc da LABRE para Gestão e Defesa
Espectral, foi atualizada com os seguintes arquivos e referências:

- Amateur Radio Service in Brazil (PY2ZX, LABRE);

- Amateur Radio Activities in Brazil during World Cup 2014 (PY2ZX, LABRE);

- Diretiva 2014/30/UE (União Europeia) - Harmonização da legislação dos
Estados-Membros respeitante à compatibilidade eletromagnética;

- Gestão Espectral: Atualização do PDFF e CMR-15 (PY2ZX, LABRE/GDE);

- Handbook on Amateur and Amateur Satellite Services (UIT).

Demais documentos inseridos recentemente:

- Decreto nº 177 - Regulamento dos Serviços Limitados de Telecomunicações;

- Decreto n. 2206 - Regulamento do Serviço de TV por Cabo;

- Diretiva 1999/5 (União Europeia) - Equipamentos de rádio e
equipamentos terminais de telecomunicações. Reconhecimento mútuo da
conformidade;

- Diretiva 89/336/CEE (União Europeia) - Compatibilidade Eletromagnética;

- Diretiva 73/23/CEE (União Europeia) - Harmonização das legislações no
domínio do material elétrico utilizado dentro de certos limites de tensão;

- Ética e Procedimentos Operacionais (IARU) - Versões em português e inglês;

- ETSI EN 301 489 (Europa) - Electromagnetic compatibility and Radio
spectrum Matters (ERM); ElectroMagnetic Compatibility (EMC) standard for
radio equipment and services. Part 1: Common technical requirements;
Part 15: Specific conditions for commercially available amateur radio
equipment;

- ETSI EN 301 783 (Europa) - Electromagnetic compatibility and Radio
Spectrum Matters (ERM); Land Mobile Service; Commercially available
amateur radio equipment; Part 1: Technical characteristics and methods
of measurement (nova inclusão); Part 2: Harmonized EN covering essential
requirements under article 3.2 of the R&TTE Directive (nova inclusão);

- FCC - Title 47 - Telecommunications (EUA) - Part 97 - Amateur Radio
Service (nova inclusão);

- Instrução de Gestão n.5 (Anatel) - Orientações para homologação de
produtos destinados ao Serviço de Radioamador;

- Norma 13/96 REV/97(Anexo Portaria 256) - Serviço de TV por Cabo;

- Procedimentos de testes de comprovação de capacidade operacional e
técnica (Anatel);

- Resolução nº 259 - Regulamento de Uso do Espectro de Radiofreqüências.

Acesse a biblioteca do GDE pelo endereço:

http://www.radioamadores.org/biblio/biblio.htm

Apoie a LABRE e o GDE na defesa e desenvolvimento do radioamadorismo.

Para maiores informações visite http://www.radioamadores.org e
http://www.labre.org.br

GDE/LABRE, 10 de julho de 2014
(Atualizado 15 de julho de 2014)
http://www.radioamadores.org/news/news-2014/news-2014-18.htm

terça-feira, 8 de julho de 2014

Exames para acesso e ou promoção de classe em Ribeirão Preto-SP


crrp




EXAMES - acesso ou promoção de classe

A CASA DO RADIOAMADOR DE RIBEIRÃO PRETO-SP anuncia abertura para inscrições para exames.


Precisamos de pelo menos 80 inscrições. Por favor ajudem a divulgar.


Local: SENAI Ribeirão Preto - Av. Capitão Salomão, 1813
Data prevista: 08/11/2014
Taxa: R$ 10,00



Pré inscrição para exames:
>>>> Formuário para pré inscrição exames 08/11/2014 (previsão de data) <<<<

Lançado Handbook da UIT sobre Radioamadorismo


A UIT, União Internacional de Telecomunicações, lançou neste mês de julho o “Handbook dos Serviços de Amador e Amador por Satélite”, edição atualizada de 2014. O objetivo é oferecer para as administrações nacionais (como a Anatel, Agência Nacional de Telecomunicações) e para as organizações de rádio uma visão geral dos serviços, congregando todas as resoluções da UIT.
Dale Hughes, presidente do Grupo de Trabalho 5A de Radiocomunicações da UIT, comentou que o “O Radioamadorismo é o mais antigo serviço de rádio”, cujas primeiras atividades experimentais “antecederam a própria regulamentação de radiocomunicação”. Em 1912, os amadores podiam utilizar quaisquer frequências acima dos 1,5 MHz, então consideradas “inúteis”. Mas foram os próprios radioamadores que provaram a eficiência destas faixas inclusive para as comunicações intercontinentais. Hughes reconheceu que “os radioamadores contribuíram de maneira significativa nos campos da rádio propagação, nas comunicações em banda lateral única (SSB) em HF, nas comunicações digitais, nos protocolos de rádio pacote e no desenvolvimento de comunicações via satélite”.
A publicação é composta por 80 páginas, divididas em 8 capítulos, metade deles uma compilação dos conceitos encontrados nos Regulamentos de Rádio, nos Relatórios, Recomendações e Questões da UIT, com links para os respectivos documentos. Na outra metade são descritas as alocações, as características das faixas, as atividades típicas como rádio esportismo, a importância das comunicações emergenciais, quais são os sistemas de comunicação, as modalidades de rádio experimentação, as comunicações satelitais, entre outros itens.
A versão impressa está disponível em vários idiomas (mas não em português) e a venda no site da UIT ao preço de 57 Francos Suíços.
Em inglês há versão gratuita em docx no seguinte link:
http://www.itu.int/pub/R-HDB-52-2014
A LABRE, através do GDE, grupo ad-hoc de Gestão e Defesa Espectral, disponibilizou na biblioteca de seu site a versão em .pdf para leitura e impressão, no seguinte link:
http://www.radioamadores.org/biblio/outros/ITU-ARS-HB-jul2014.pdf
O GDE tem utilizado com regularidade muitas das referências agora elencadas no handbook em várias consultas públicas e petições enviadas para o executivo federal. Trata-se de uma importante publicação para os representantes do serviço e os administradores do espectro.
                                                  fonte:
GDE/LABRE, 07 de julho de 2014


quinta-feira, 3 de julho de 2014

"-.. EXAMES RADIOAMADOR-.." 26 JULHO 2014 -- ANATEL

          AGENDAMENTO PELO TEL : 
                   11 - 2104-8875   C/ SÉRGIO

    CLIQUE NA IMAGEM MAIORES DETALHES



quarta-feira, 4 de junho de 2014

Brasil Terra do Futebol

 
A Liga de Amadores Brasileiros de Rádio Emissão-LABRE, no intuito de homenagear o Brasil através 
de seu esporte mais popular e também os amantes
do futebol de todo o mundo, institui o“Diploma Brasil Terrado Futebol”
 
 

terça-feira, 3 de junho de 2014

Ampliado prazo de contribuição para proposta de novo Regulamento de Uso do Espectro


O período de contribuições para as propostas de novo Regulamento de Uso do Espectro de Radiofrequências e de alteração do Regulamento de Cobrança de Preço Público pelo Direito de Uso de Radiofrequências, disponíveis por meio da Consulta Pública nº 14/2014, foi prorrogado por 30 dias corridos a partir de decisão do Conselho Diretor da Anatel tomada por meio do Circuito Deliberativo nº 02101/2014.
 
Fonte:http://www.anatel.gov.br/Portal/exibirPortalInternet.do

domingo, 1 de junho de 2014

SEM NOÇÃO ! CUIDADO VC PODE ESTAR COMETENDO UM CRIME...

ESTE VIDEO É PARA CONHECIMENTO DE MUITOS RADIOAMADORES,QUE NÃO TEM NOÇÃO,LIGAM SEUS RADIOS E FAZEM COMUNICADOS SEM NENHUMA ORIENTAÇÃO TÉCNICA DE ONDE ESTÃO TRANSMITINDO SEUS COMUNICADOS

" Pior, acham que porque são prefixados podem pintar e bordar nas frequencias."

O satélite da marinha americana SATCOM é chamado por brasileiros de Satélite "Bolinha".
E alguns brasileiros inclusive radioamadores o utilizam, clandestinamente para bater papo, coisa que é crime Federal e não é muito bem visto pelos norte americanos....

short documentary on satellite hackers.
with support from instituto itaú cultural, the ministry of culture of Brazil (ancine) and the msst of course
 
Apesar deste video ser antigo,muitos radioamadores ainda cometem erros parecidos ou até piores nas frequencias.


quarta-feira, 28 de maio de 2014

Regras de conduta para uso de repetidoras do CRAM

Regras de conduta para uso de repetidoras do CRAM
ESTAS REGRAS SERVEM PARA QUALQUER REPETIDORA  
 
Por que precisamos de regras de conduta para utilizar uma repetidora?

Ninguém gosta de um monte de regras arbitrárias, mas compartilhar um bem comum como uma estação repetidora exige essa prática. Gostaríamos de acreditar que todos têm bom senso e se comportariam adequadamente sem necessidade delas, mas não é o caso. Temos que ter regras claras tanto para atender as expectativas dos que utilizam nossas repetidoras como para nós que as mantemos.
Um comportamento que pode ser irritante ou mesmo uma violação das regras para um pode não ser problema para outro. Por essa razão temos que ter regras claras e simples e para o que realmente importa. Não teremos aqui uma lista exata do que é permitido e do que não é, mas uma lista básica para uma convivência tranquila e saudável.
Nós entendemos que todos cometemos deslizes de vez em quando e não será por essa razão que alguém será reprendido em público, mas constantemente reincidir na quebra das regras acarretará as providencias necessárias para estabelecer a ordem.

Regras de Conduta:

1 – Sempre chame utilizando indicativos. Dessa forma quem está na escuta não terá dúvidas de que é um radioamador quem vai utilizar o repetidor, além disso desencorajar clandestinos.
2 – Evite falar com clandestinos. As vezes nos vemos nessa situação e o melhor a fazer é alertá-lo para que regularize sua situação e que permaneça apenas na escuta.
3 – Antes de entrar numa rodada certifique-se de que sabe quem são os participantes e qual o assunto em pauta. Não existe nada mais desagradável do que alguém interromper uma rodada sem ter a mínima ideia do assunto ou mesmo quem está participando dela.
4 – Se você não tem nada à acrescentar ao assunto em pauta talvez seja melhor não entrar. Entrando apenas para dizer “boa tarde” interrompe-se o QSO em andamento, e por educação, passarão novamente a palavra e você continuará sem ter o que dizer.
5 – Tenha um vocabulário adequado e isento de termos vulgares como palavrões e gírias. Lembre-se que embora a maioria absoluta dos radioamadores sejam do sexo masculino, junto com ele pode haver crianças e mulheres ouvindo.
6 – Não ofenda ou resolva desafetos pela repetidora. Utilize o telefone ou quem sabe faça–o pessoalmente. A repetidora não pode ser utilizada para promover discórdia entre radioamadores.
7 – Quando houver portadoras evite comentar na frequência. Faça de conta que não está atrapalhando. Se realmente estiver, invente uma desculpa e deixe a frequência. Quem dá portadoras adora saber o quanto está atrapalhando e o quanto você o odeia. Quanto mais você reclama mais satisfação ele tem. Se ele for ignorado, logo desistirá.
8 – Quando quiser discutir com alguém um assunto muito específico, prefira utilizar uma frequência direta.
9 – A repetidora não deve ser utilizada como palanque para discursos inflamados de qualquer natureza. Seu uso é para integração entre radioamadores e eventualmente comunicados emergenciais. Pessoas inteligentes falam de coisas e não de pessoas.
10 – Não utilize gírias ou vícios da Faixa do Cidadão. Gírias e vícios como “obrigado pela passagem de câmbio” não acrescentam conteúdo a nenhum comunicado. Evite-os a qualquer custo. Não utilize código Q em excesso. Esse código foi criado para facilitar comunicações quando o sinal é fraco ou mesmo em telegrafia. Com a alta fidelidade das comunicações locais em FM, isso é desnecessário.
11 – Radioamador que fala o quer normalmente coleciona desafetos, que notadamente resulta em portadoras. Por conta disso tendem a monitorar suas transmissões. Se realmente achar necessário monitorar a própria transmissão, aprenda o procedimento correto para poupar o ouvido alheio de realimentações e ruídos estridentes.

Por trás de toda repetidora há um radioamador Classe A responsável por ela perante a Anatel. É responsabilidade dele e dos mantenedores garantir que ela seja bem utilizada. Se a situação exigir, ela poderá ser desligada remotamente sem aviso prévio pelos responsáveis.
Manter uma estação repetidora funcionando demanda tempo e dinheiro, quando não riscos. Alguém devota esse tempo e esse dinheiro, portanto reflitam antes de criticar qualquer coisa. 

LABRE discute certificação e homologação de equipamentos com Anatel




A LABRE, Liga dos Amadores Brasileiros de Rádio Emissão, através do GDE, o Grupo ad-hoc de Gestão e Defesa Espectral da LABRE, participou de reunião em abril de 2014 na sede da Anatel em Brasília para discutir o processo de certificação e homologação para equipamentos de radioamador no Brasil. Na ocasião uma pequena palestra foi produzida pela LABRE para explicar alguns problemas que os radioamadores (usuários não comerciantes) estão enfrentando sobre o tema e sugerir soluções.
No Brasil todos os equipamentos de transmissão de rádio precisam de certificação e homologação com identificação do selo Anatel (exceto equipamentos artesanais de radioamador para uso próprio). O processo é regido pela Resolução n.242.
Para a agência homologar um transceptor é preciso que o interessado comprove a conformidade do equipamento de acordo a normas técnicas, que se dá formalmente pela expedição de declarações e certificações de conformidade.
A conformidade visa garantir a qualidade operacional do produto (supressão de harmônicos e espúrios, resistibilidade, compatibilidade eletromagnética, etc) e segurança ao usuário. As normas básicas constam na Resolução n.442.
Indústrias, comerciantes e usuários podem solicitar a certificação. No caso do Serviço de Radioamador, equipamentos fabricados antes de 31/12/1982 incluídos numa relação apresentada então pela LABRE estão isentos.
Dependendo do contexto, as certificações demandam ensaios em laboratório credenciado, com intermediação de um Organismo de Certificação designado pela Anatel. Em outros casos, a declaração de conformidade através do FCC-Grant ou FCC-ID é um documento aceito pela agência brasileira.
O problema está justamente que as declarações da FCC (Comissão Federal das Comunicações dos EUA) não contemplam equipamentos que transmitam exclusivamente nas faixas de HF (de 1,8 a 30 MHz) e com potência não superior a 200W, assim há um vazio processual para aqueles que desejam homologar um modelo de transceptor com estas características.
A LABRE propôs 3 saídas diante do arcabouço jurídico vigente: reconhecimento de aferições laboratoriais da ARRL (a associação nacional dos radioamadores nos EUA, cujos ensaios são expostos por meio de Reviews completos), o reconhecimento da certificação da Comunidade Europeia (CE), e a ampliação da lista de isenção citada acima, com alongamento de data limite.
A última proposta foi negada, mas foi aberta possibilidade das duas primeiras mediante comprovação de algumas documentações, como esclarecimento dos quesitos testados pela ARRL e as normas necessárias para a certificação CE.
A LABRE/GDE realizaram contatos e pesquisas para obtenção destas informações e já as compartilhou com a Anatel, em protocolo no início de maio de 2014. Neste momento a Anatel avalia os documentos e viabilidade das propostas.
Paralelamente o GDE está estudando os processos de certificações e homologações da Europa, EUA e Japão, para no momento oportuno de revisão de norma propor soluções mais adequadas e facilitadoras tanto para o governo quanto para os radioamadores que utilizam equipamentos sem fins comerciais.
Para saber mais sobre o atual processo de certificação e homologação no Brasil, ou mesmo um histórico recente das ações realizadas neste assunto, confira o excelente artigo redigido por Geraldo Travaglia (PY2OY) e o guia da LABRE/SP, disponíveis ou redirecionados na biblioteca do GDE:
Apesar do tema certificação e homologação não ser o escopo de atuação do GDE, o grupo tem se mobilizado para também contribuir com a LABRE nesta importante demanda.
Apoie a LABRE e o GDE na defesa e desenvolvimento do radioamadorismo. Para maiores informações visite http://www.radioamadores.org e http://www.labre.org.br